O BRASIL ESTÁ MESMO PERDIDO …………………………………………………………………………

vagabundosCaros leitores, nosso país está mesmo perdido. Inacreditável. Nas minhas últimas aventuras como vlogueiro, acabamos por entrar em contato com…

inúmeros tipos de pessoas e assuntos. Esta é a parte boa da história. A interação com indivíduos que nunca vimos na vida e que assistem meus vídeos e comentam, tanto no sentido de criticá-los positivamente como negativamente. No entanto, o “trabalho” do Vlog como uma brincadeira, acabou quase virando profissão. É algo viciante, frenético. E, para isso, é necessário estar por dentro dos mais diversos assuntos que estão correndo por aí na mídia. Daí, é que tiro minhas conclusões de que o Brasil está realmente perdido.

Primeiro, porque, mesmo sendo o Vlog no YouTube uma forma de comunicação verbal e visual, muitas pessoas não entendem a mensagem que você quer realmente passar, ou seja, só posso pensar que ou não prestaram direito atenção no vídeo ou são burras mesmo. Então, imaginem essas pessoas lendo alguma coisa. Você muitas vezes pode escrever “batata” e o sujeito entender “elefante.

Segundo, porque, mesmo o YouTube sendo a forma mais democrática de se dar voz a população para falar o que quiserem, junto com nós, vloguers, como somos chamados, cresceram exponencialmente o número de covardes que se valem da possibilidade do anonimato para simplesmente te chamarem de ignorante. Como uma pessoa que não dá nem as caras, ou o nome, ou simplesmente uma forma de identificação teria moral para te xingar? Se ela quer me criticar, que fique à vontade, mas pelo menos mostre a cara e se identifique. Agora todo mundo através da Internet foi dada a possibilidade de criticar por criticar, sem fundamento, sem causa, sem motivo algum.

Outro fato relevante, que gostaria de compartilhar com vocês, são sobre os assuntos que me levam à indignação e sou obrigado a comentar nos meus vídeos (para quem não conhece, visitem no youtube o meu canal que se chama PrePrograma onde coloco meus pontos de vista com o fim de combater a hipocrisia e falta de bom senso no mundo. Segue o link também: http://www.youtube.com/user/preprograma. Às vezes paro para pensar se realmente não existe a tal Teoria da Conspiração e ficam lançando lixo na imprensa para nos distraírem.

Acreditem que na cidade de São Paulo, foi proposto um Projeto de Lei para se instituírem banheiros nos estabelecimentos comerciais para os LGBT’s, mas que no fim seriam banheiros Unisex. Pronto. Iniciava-se a discussão. De um lado a Associação dos LGBT’s afirmando que esse projeto era um tipo de apartheid, de outro os pobres estabelecimentos comerciais que se aprovado o tal projeto de Lei, terão que construir no mínimo 4 banheiros, isto é, para homens, mulheres, deficientes físicos e para os LGBT’s (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e etc.). Tudo isso começou porque um Senhor de 60 anos que gosta de se travestir de mulher fez uso do banheiro feminino e causou constrangimento para mãe e filha que estavam dentro. Aí ficam discutindo, debatendo sobre um assunto deveras irrelevante em comparação com tantos outros mais significativos e de impacto social como educação e saúde. Agora só porque um HOMEM que gosta de se vestir de mulher e sei lá que problema ele possa ter, ele se sinta mulher, ele se sente no direito de invadir o banheiro feminino. Homem é homem e mulher é mulher independentemente de raça, cor, credo, idade. Portanto, homens no banheiro de homens e mulheres no banheiro de mulheres, independentemente de vestimentas ou opção sexual, concordam?

Depois a polêmica sobre a extinção das sacolinhas plásticas nos supermercados, para diminuir o impacto ambiental propondo a população o uso das EcoBags produzidas com mão de obra escrava do Vietnã. Não estaremos usando nem sequer EcoBags com plástico reciclado no Brasil. Estamos de fato, comprando o lixo alheio. Acabam-se por um lado as sacolinhas plásticas, mas por outro quase todos os produtos vendidos dentro do supermercado são embalados com plástico!!! Que hipocrisia absurda!!!

Em seguida, polêmica por causa da cantora Rita Lee em Sergipe que não fez mais do que seguir coerentemente sua trajetória e ideais combatendo a truculência da polícia Sergipana. Agora, as lentes estão todas viradas para a modinha da greve dos policiais militares da Bahia, de movimentos sindicais geralmente formado por vagabundos. E, para variar, outros Estados como o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul parecem estar entrando na mesma ondinha.

Bom, com todo esse blá, blá, blá, o que sobra? Nada. Um monte de gente e muita energia jogada fora quando na verdade deveriam direcionar todo esse fôlego para pegar com dedicação na labuta. Labuta? Hahaha. Sinônimo da palavra Trabalho com certeza o brasileiro não deve conhecer. O que ele sabe fazer ultimamente é só torcer para time de futebol, ver novela, acompanhar o BBB, fazer passeatas e greves, reclamar da vida, exigir direitos e mais direitos e mais direitos como se conforto e mordomia fosse uma obrigação da vida. Como se isso fosse uma garantia pré-constitucional de pré-existência. Na verdade o brasileiro está ficando cada vez mais encostado, vagabundo, mal educado, ignorante e medíocre.

Peço desculpas pelo desabafo, mas por hoje é só.

Uma ótima semana!

mathias@mn11.com.br

HTTP://www.twitter.com/grupomn11

www.mn11.com.br

Meu Twitter Pessoal: @MathiasNaganuma

http://www.twitter.com/mathiasnaganuma

http://www.mathiasnaganuma.blogspot.com

http://www.mathiasnaganuma.com.br

Leave a Comment